Skip to main content

Posts

Os Julgamentos De Loki (2014)

Gostei da história. Bem escrita e bem desenhada. Esse quadrinho muito enrique a mitologia do personagem bebendo diretamente das lendas nórdicas e mostrando que um herói precisa precisa de um vilão à altura. Nota 8,5.

A propósito, esse gibi anda encalhado nas livrarias virtuais, saindo por um preço bem abaixo do original de capa (R$ 15,90, clique aqui).
Fica a dica!
Recent posts

Dinastia M (2015)

Com certeza um marco relevante na cronologia Marvel.

A estória é muito boa e as repercussões que afetaram os inumanos melhor ainda. Incrível o potencial da Feiticeira Escarlate e uma pena o que fizeram com Peter Parker nessa saga (se os roteiros do aranha levassem em consideração permanente essa saga, o personagem jamais seria o mesmo).

Sempre achei Mercúrio um personagem sofrível nos quadrinhos, mas com essa estória vi o potencial do personagem.

Nota 9.5 para ambas, pois as considero como uma mesma estória que não se restringe a essas duas edições. 

A tempo, essa saga me deixou tão empolgado que saí pesquisando igual a um desesperado na web o que aconteceu depois. Enfim: HQ altamente recomendada.

Grande abraço!

Homem-Aranha - Azul (2015)/ Coleção Salvat

Peter é o cara! Achei o final bem tocante, mas sem exageros.  Gostaria de dizer mais sobre a estória, mas acredito que a sua experiência individual pode ser muito mais relevante do que as palavras que disponho.

Posso adiantar que ela trabalha o melhor lado de um super-herói: o lado humano. E ainda fala sobre perdas (algo que todo mundo passará. Afinal, na vida ganhamos e perdemos o tempo todo).

Ótima estória e escolha para essa antologia da Salvat. Valeu o investimento. 

Nota 10.0 com louvor!

Grande abraço!

Rising Stars (2001)/J. Michael Straczynski

Já fazia um tempo que não lia um quadrinho tão bom (nota 10). Uma das melhores estórias que já li até hoje, com certeza entra no meu top 100. Li os primeiros dois volumes da franquia e parece que são os mais importantes, pois já explicam o começo, o meio e o fim dos protagonistas.
Meu eterno agradecimento a J. Michael Straczynski pela criatividade ao escrever a obra.

Sei que alguns não gostaram da estória (impossível agradar a todos) e a arte erra em certos pontos, mas olhando para a obra como um todo é possível perceber grandiosidade e esperança.
Enfim, recomendo.
Grande abraço!

Midnight Nation – O Povo da Meia-Noite (2003)/J. Michael Straczynski

Continuando com J. Michael Straczynski , mais um quadrinho excelente (nota 10). Uma das melhores estórias que já li até hoje, com certeza entra no meu top 100. 

Aparentemente não foi publicado na íntegra no Brasil, mas pode ser encontrado em scans traduzidos por fãs.
Mais um eterno agradecimento a J. Michael Straczynski pela criatividade ao escrever a obra, sendo que a arte aqui é irrepreensível.

Enfim, recomendo, pois você nunca mais olhará a cidade à noite com os mesmos olhos.
Grande abraço!